sábado, 30 de janeiro de 2016

Presidente do Miami United posa com camisa de Adriano e festeja acerto

video
Roberto Saca não confirma se atacante usará o número 9 ou 10. Contrato será assinado nas próximas semanas e brasileiro deve viajar após aniversário de 34 anos.

A volta de Adriano ao futebol foi anunciada nesta sexta-feira pelo Miami United, da NPSL, liga semi-profissional equivalente à Quarta Divisão dos Estados Unidos. Roberto Saca, presidente do clube, posou com a camisa que o jogador vai usar, festejou o acerto, mas afirma que o número ainda não está definido (assista ao vídeo).

- Está é a camiseta do Adriano, o Imperador. Ainda vamos decidir se vai ter o número 9 ou 10. Estamos esperando a chegada dele, em grande estilo, com uma entrevista coletiva para imprensa. Na verdade, estamos muito felizes aqui com Adriano - disse.

A atacante de 33 anos não entra em campo desde a eliminação do Atlético-PR na Taça Libertadores de 2014, em abril. O jogador deve embarcar para os Estados Unidos após o seu aniversário, no dia 17 de fevereiro. Por enquanto o acordo é verbal, mas Henrique Souza, gerente de futebol do Miami United, vem ao Rio com o contrato daqui a duas semanas e resume o projeto como grandioso.
Roberto Saca presidente Miami United (Foto: Reprodução SporTV)
Roberto Saca, presidente do Miami United, posa com a camisa que será de Adriano Imperador
- Estamos muito confiantes no sucesso. O Adriano quer, está motivado e isso anima à todos. Ele gostou do projeto que mostramos. Foi um trabalho difícil, dois meses de negociação e muita confiança. Estamos prontos para receber o Adriano e muito animado para trabalhar com um jogador de renome mundial - disse, Henrique.

Adriano irá receber 10 mil dólares fixo e 40% de tudo que o clube arrecadar a partir da assinatura de contrato dele, como transferências de jogadores, patrocínios, venda de camisas, bilheteria. Tudo que envolver o Miami United, 40% será do Adriano. O Imperador terá 40% das ações do clube. Ainda no acordo, o irmão Thiago irá estudar numa faculdade em Miami. O clube conseguiu uma bolsa de 100% para o garoto, de 17 anos.

Alberto Zaccheroni, treinador do atacante no Inter de Milão, em 2004, e colaborador da equipe americana, mandou um recado para o jogador. O atual técnico do Beijing Guoan (time de Renato Augusto e Ralf na China) elogiou a capacidade física do brasileiro e desejou sorte.
- Acabaram de me dizer que você vai jogar no Miami United. Estou muito feliz porque tenho uma grande recordação de você. Numa entrevista na Itália, me perguntaram qual foi o jogador mais forte que eu treinei e eu respondi "Adriano". Estou bastante contente que você vai jogar no Miami United. Sei que você vai bem na equipe e terá o sucesso no time - disse.

No futebol dos Estados Unidos, a NPSL está atrás da Major League Soccer (MLS), North American Soccer League (NASL) e United Soccer League (USL), e em condições iguais à Premier Development League (PDL). A competição semi-profissional é dividida em quatro regiões para abrigar times de 29 estados. Em 2015, foram 68 equipes – o Miami United terminou em segundo na Conferência Sunshine e não se classificou para os playoffs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui